Image Map

23 setembro 2013

Clássicos renovados e dicas com a avaliadora olfativa da Natura

Semana passada fui convidada pela Natura para um brunch delicioso no Forte de Copacabana no qual conheci os clássicos renovados da marca e aprendi muito sobre perfumes!

Um clássico é atemporal, nunca sai de moda! E isso também é verdade quando falamos em fragrâncias. Algumas sempre vão mexer com nosso emocional, nos fazer lembrar de algum namorado do passado ou um dia gostoso! Tendo isso em mente, a Natura renovou as linhas mais queridinhas de todos os tempos da marca lançadas originalmente nos anos 90: Biografia, Essencial e Kriska.

Ganhei e experimentei um de cada e agora não tenho mais desculpa pra sair de casa sem estar super cheirosa! Hahaha! Como sou fã de cheirinhos adocicados, meu super favorito é o Kriska da embalagem vermelhinha, que tem um toque de baunilha do jeito que gosto! Mas com tantas opções um só é pouco, meu segundo favorito é o Biografia feminino, que tem um cheirinho floral super refrescante!




Durante o bate-papo pesquei umas dicas ótimas com a avaliadora olfativa e separei aqui pra vocês:

- Os melhores lugares para se aplicar perfume são nas articulações, como o pulso e o ponto entre o braço e antebraço, pois esses lugares tem alta circulação, ficam quentinhos e assim o perfume exala melhor.

- Pra quem não gosta de sentir o perfume muito perto do rosto a dica é aplicá-lo atrás dos joelhos, assim você vai deixando seu cheirinho pra trás por onde passar!

- Quando estiver experimentando perfumes não cheire café entre um e outro, é um mito! Cheire sua própria pele (sem perfume, claro!) pois o nosso cheiro é neutro para nós mesmos! Outra opção é cheirar sua roupa se ela não tiver sido lavada com amaciante.

-  A dica pra quando experimentar perfumes e quiser saber exatamente como ele vai ficar em você é deixar ele na pele por 15 minutos antes de cheirá-lo. Os perfumes tem notas de saída, que são os ingredientes/cheiros que sentimos logo que colocamos mas somem depois desse tempo. Depois disso, o que fica na nossa pele são as notas de corpo e fundo, essas são as duradouras, que vão ficar com você durante o dia!



Muito legal,né? Aprendi muita coisa bacana! Você sabia que um perfume pode levar de 70 a 200 e tantos ingredientes e uma média de 2 anos para ser feito? Sabia que a perfumista sabe de cor todos os cheiros (na Natura são 2.500 naturais!) e faz as fórmulas de cabeça direto no computador? E Quem diz se ficou legal e dá os toques é a avaliadora olfativa!

 Descobri tanta coisa nova nesse papo! Inclusive, a gente conversou sobre como as pessoas tendem a achar que perfume nacional não é tão bom como os gringos, e acho que isso surgiu de um preconceito bobo do tipo "mais caro = melhor". Eu adoro o La Petite Robe Noire da Guerlain por exemplo, mas não consigo usar de dia porque acho os perfumes importados num geral muito fortes, sinto que pesam no corpo e por isso ficam bem só pra noite quando você sai para lugares onde os cheiros brigam por um espaço como em um restaurante e principalmente em uma boate.
Pro dia eu gosto de perfumes mais leves e refrescantes pra dar aquele ânimo! Acho brega gente que às oito da matina tá contaminando o elevador com litros de perfume e crente que tá arrasando! Mas, essa é só um ponto de vista meu que queria expôr em algum momento desse post.

Se você curtiu esses perfumes e quiser saber mais um pouquinho sobre cada um deles é só clicar aqui!

Beijos,
       Sô!

2 comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...